segunda-feira, 5 de março de 2012

A escolha do ponto comercial.

imagem daqui

No próximo dia 18 de março comemoraremos oito anos de loja física.
Aproveito a data para inaugurar uma nova coluna no blog, vou batizá-la de Papo de Empreendedor.
Nestes oito anos aprendi, pesquisei, observei, planejei e errei como todo empreendedor.
Vou dividir aqui a minha experiência, os planos que deram certo, os que deram errado e os que sonho em realizá-los.

Fiquei perguntando: por onde começo?
Achei prático colocar perguntas que me fizeram, vindas de amigos, clientes, fornecedores e familiares.
Assim colocarei as perguntas e as minhas respostas.
Vejam bem, as respostas são da minha opinião pessoal, não são verdades absolutas, podem ter dado certo no meu caso e errado para outras pessoas.
A minha intenção é simplesmente ajudar pessoas que sonham com o seu próprio negócio e compartilhar ideias que poderão auxiliar na decisão de ter ou não um comércio com as portas abertas.

Quando inaugurei a loja, ouvi várias vezes a pergunta:
Porque você escolheu este ponto comercial?
A minha loja física fica situada no Campo Belo, bairro de São Paulo.
Antes de fechar negócio com o ponto comercial, pesquisei muito o bairro.
Andei a pé, conheci as lojas, entrei em padarias, restaurantes, bancas de jornal e de outros concorrentes.
Acho fundamental conhecermos e respeitarmos os concorrentes.

Se o meu objetivo é vender presentes e decoração, não preciso ter os mesmos produtos das lojas concorrentes.
E assim após analisar o meu futuro público, percebi, havia uma lacuna que poderia ser preenchida com a minha loja e com produtos diferentes das outras lojas do bairro.

Outra questão favorável é ter no mínimo duas vagas para carros na porta da loja.
Em uma cidade como São Paulo, duas vagas valem ouro.
Campo Belo é um bairro relativamente plano, proporcionando aos seus moradores um comércio amplo, diversificado e com lojas charmosíssimas.
Através da minha observação, constatei um número enorme de moradores praticando caminhada.
Um ponto positivo para uma loja de rua.

Inaugurei a loja dia 18/03/2004, com expectativas, medos e desafios.
Resumindo a resposta da pergunta:"porque você escolheu este ponto comercial?"
Pesquise e faça estas perguntas:
*tem o público alvo?
*a loja tem visibilidade?
*o bairro tem carência dos produtos que oferecerei?
*passam pessoas a pé?
*clientes com carro terão onde estacionar o carro?
*o imóvel está dentro da área de zoneamento permitido para abrir uma loja?


Gostaram deste novo canal de comunicação?
Deixem perguntas/dúvidas nos comentários.
Um grande beijo!

5 comentários:

Adriana Balreira disse...

Adorei as dicas. E parabéns pelos 8 anos de loja. Não é fácil ser comerciante nesse país.
beijos
adriana

Maria Oliveira disse...

Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

Ah,tem 2 sorteios rolando por lá,participa! :)

http://umamulherbemvestida.blogspot.com

Livia disse...

Que máximo! Eu tenho uma loja há quase 2 anos e gostaria muito de poder trocar ideias com quem já tem experiência.... às vezes parece que estou na beira do precipício, às vezes parece que estou levantando vôo.... vai saber...
Vou acompanhar sua coluna!
Beijos

Lola Sciwinzki disse...

Fátima que ótima essas dicas.
Vc podia fazer mais isso, dar dicas para outras pessoas que pretendem ter seu próprio negócio.
Adorei.
O Campo Belo é um bairro bacana mesmo.
Não esquece de guardar meu lugar pra qndo eu for ai hein! rs...
Bjks meu amor.

Susi disse...

Sou fã da loja Gamela faz muito tempo.
Parabéns, muito bacana a ideia desse novo canal.
beijos