quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Eu voto na Educação.

Lendo este post da Sam, venho dividir com vocês a minha preocupação com o futuro da Educação no nosso país.

"O Todos Pela Educação é um movimento da sociedade civil, apartidário, que reúne lideranças sociais, educadores, gestores públicos e representantes da iniciativa privada, com o objetivo de ajudar o Brasil a garantir Educação  pública de qualidade para todas as crianças e jovens."

Não me considero politizada o suficiente para levantar nenhuma bandeira.
Este não é o meu objetivo.
Sou mãe!

Quero o melhor para os meus filhos.
E para todas as crianças que não podem estudar em uma escola particular, que não é garantia de bom ensino, diga-se de passagem.

Acho mais do que necessário cobrar dos nossos futuros representantes uma educação com qualidade.
E como podemos fazê-lo?
Conhecendo as propostas  do seu candidato sobre Educação.


http://www.youtube.com/watch?v=Zoe0ttYlQts&feature=player_embedded

5 comentários:

Karina Bottura disse...

Sensacional! Estou com vocês! Eu voto tb em Educação!

Juliana Manente disse...

Olá
Passei aqui por indicação da Ká Bottura, tb voto na educação.
Acredito, como professora e curiosa, que só com motivação, ensino e educação ( em todos os sentidos possíveis) esse mundo pode progredir!!!
Boa iniciativa...
http:/missflorinda.blogspot.com

Liège disse...

Fátima, concordo com você.
Nosso país precisa de uma educação pública de qualidade para termos mentes críticas e pensantes.
Beijos.

Sam (@samegui) disse...

Que maravilha contar com você!
:)

Juli disse...

Gostei muito! Se faz necessário votar em quem apresentar propostas voltadas à melhoria da educação. A começar pelo salário dos professores, que é ridículo. Um carcereiro ganha mais, sabia? É humilhante estudar tanto, investir tanto e amar tanto a profissão e se dar conta de que o que se ganha não é proporcional ao trabalho e dedicação que os bons profissionais da educação empreendem no seu dia-a-dia na sala de aula. Seria necessária uma reforma geral, que começasse desde os cursos de formação de professores. Um advogado tem que fazer prova da OAB. Um médico tem que fazer residência. Porque um professor recém formado não poderia passar por provas e testes práticos que testassem sua vocação e competência.
Muito boa postagem. Parabéns!
Beijinhos e tudo de bom!